Conheça a Cidade

//Conheça a Cidade
Conheça a Cidade 2021-08-12T15:59:53+00:00
Dados Socioeconômicos do Município
Gentilico Caridadense
Área de Unidade Territorial 775,302 km²
População Estimada 31.814 pessoas
Indice de Desenvolvimento Humano Municipal – IDHM 0,665
PIB per capita R$ 18.618,59
Salário Médio Mensal dos Trabalhadores formais 1,9 salários mínimos
Fonte: IBGE

Distrito criado por ato provincial de 4 de janeiro de 1911, e por ato estadual nº 1039, de 4 de agosto de 1911, subordinado ao município de Canindé.

Foi elevado à categoria de município com a denominação de Caridade pela lei estadual nº 4157, de 6 de agosto de 1958. Foi instalado em 13 de setembro do mesmo ano.

As terras do lado oeste do Maciço de Baturité era habitadas por diversas etnias dentres as quais os jenipapo, kanyndé. A partir do século XVII com o sistema de sesmarias, surgem as fazendas para a criação de gado e a lavoura no ciclo econômico de carne de sol e charque. Situada ao lado da estrada dos sertões do interior para Maranguape e Fortaleza, que escoava o gado criadores de Boa Viagem, Santa Quitéria e Inhamuns para as feira de gados, desenvolveu-se como um ponto de passagem e comércio.

Um fato que contribuiu para o seu rápido desenvolvimento foi a trânsito de peregrinos para as romarias de Canindé e criação da missão de penitência.

A economia tem como base a agricultura de algodão arbóreo e herbáceo, milho e feijão; pecuária: bovinos, suínos e aves.

Existem duas indústrias: uma de vestuário, calçados e artigos de tecidos de couro e peles, e uma extrativa mineral.

Em suas terras foram encontradas ocorrência de barita, fonte de obtenção do bário, metal pesado, utilizado na indústria química, farmacêutica e de material elétrico e calcário (calcita). Mas atualmente só existe uma fábrica de roupas, a população sobrevive somente no comércio, aposentadoria e de serviços públicos.

O principal evento cultural é festa do padroeiro Santo Antônio de Pádua, realizada anualmente dia 13 de junho. A coroação de Nossa Senhora que acontece há mais de um século e o forró do povo que acontece desde 1999.